Calendário de debates Frente a frente em directo na Dom Fuas FM e zonaTv, 21:00h

 

PSD - CDU CDS - PS CDU - PS  PSD - CDS  CDS - CDU  PS - PSD Final /  todos
14/9 16/9 18/9  21/9  23/9 25/9  2/10
09
Jul 09

in jornal O Portomosense

Apresentado o candidato do PSD

Image“Gosto muito da minha terra” e “tenho um sonho de transformar Porto de Mós numa referência regional e nacional”. Estas foram as duas razões que levaram Júlio Vieira a avançar para uma candidatura à Câmara Municipal, pelo PSD, nas eleições autárquicas de 11 de Outubro.
A apresentação oficial do candidato, que O Portomosense antecipou na última edição, aconteceu no dia 27 de Junho, no Jardim Municipal. Ao mesmo tempo que Júlio Vieira apresentava as suas primeiras ideias para o concelho era destapado o primeiro “outdoor” da campanha, junto ao recinto das Festas de S. Pedro, que foram inauguradas poucas horas depois.
Júlio Vieira desafiou todos os presentes a viver o sonho com o PSD. “Não é difícil, temos um concelho com enormes potencialidades”, afirmou o candidato, dando como exemplos o património natural e histórico. “Temos de criar um concelho inovador e criativo e que apela ao que temos de melhor”, defendeu Júlio Vieira.
“Nunca como hoje o PSD esteve tão bem preparado”, considerou o candidato “laranja” à autarquia, invocando o trabalho desenvolvido no Fórum Desenvolver Porto de Mós. “Reunimos os melhores, tivemos a humildade de ir à procura das pessoas, reunimos contributos, elaborámos um projecto, discutimos em comissão política e fomos para o terreno”, afirmou Júlio Vieira. “Hoje sabemos o que pensa e sente cada freguesia, quais são as necessidades e temos um projecto a médio prazo para Porto de Mós”, acrescentou.
Júlio Vieira recordou o percurso ligado a várias associações do concelho, defendendo que “as instituições nunca ficaram iguais e também o nosso concelho não vai ficar igual”.
Para as eleições de Outubro o candidato à autarquia considera que “nunca foi tão fácil escolher”. “De um lado temos uma candidatura que representa o passado, do outro uma candidatura que representa o futuro, um novo rumo”, defendeu.
Perante os militantes e simpatizantes do partido, Júlio Vieira destacou o apoio a presença dos anteriores presidentes da autarquia, José Ferreira e Gomes Afonso. “Tenho orgulho em tê-los aqui, porque tenho orgulho no passado do PSD nesta terra”, afirmou.

Primeira aposta da distrital

Fernando Marques, presidente da Federação Distrital do PSD, revelou em Porto de Mós que a recuperação desta autarquia “é a primeira aposta da distrital”. O responsável transmitiu “o apoio condicional” das comissões distrital e nacional, defendendo que a candidatura de Júlio Vieira representa “uma nova geração de políticos que quererá transformar a sua terra numa melhor”. “O PSD lidera a maioria das câmaras no País e distrito. Porto de Mós era-nos tradicionalmente favorável. Em 2005 alguém mudou de camisola e merece o cartão vermelho”, afirmou o presidente da distrital.
Fernando Marques destacou ainda a escolha da hora para fazer a apresentação. “É a primeira vez que vou a uma apresentação de manhã, mas como se costuma dizer, de manhã é que se começa o dia e estamos hoje a começar uma caminhada para aquela que será uma vitória no dia 11 de Outubro”, defendeu.

“Pôr fim à demagogia”
Para Olga Silvestre, presidente da comissão política concelhia do PSD, “chegou o tempo de pôr fim à política da demagogia e do engodo”, defendendo que o concelho precisa “de alguém que abrace com determinação o projecto para o futuro de Porto de Mós” e de “alguém com energia positiva a liderar a esperança dos portomosenses”.
Em declarações ao nosso jornal, Olga Silvestre revelou que a candidatura de Júlio Vieira foi aprovada por unanimidade em todos os órgãos do partido.
Ainda este mês irá decorrer uma sessão de apresentação da restante equipa, assim como dos cabeças de lista às juntas de freguesia.
 
publicado por Portomosfera às 21:37

arquivos

pesquisar neste blog
 
mais sobre nós